domingo, 28 de março de 2010




" Devolva - me"


Devolve toda a tranqüilidade

Toda a felicidade
Que eu te dei e que perdi
Devolve todos os sonhos loucos
Que eu construí aos poucos
E te ofereci
Devolve, eu peço, por favor
Aquele imenso amor
Que nos teus braços esqueci
Devolve, que eu te devolvo ainda
Esta saudade infinda
Que eu tenho de ti
( Mário Lago)

4 comentários:

Majoli disse...

Mario Lago em "Devolva-me" nos faz lê-lo como se estivéssemos a fazer uma oração com o coraçao.

Beijos querida.

Luciana Onofre disse...

Olá meu blog Germinando mudou de endereço, te convido a continuar seguindo-o por lá,

http://gherminando.blogspot.com/

Grata,

Luciana Onofre

Fada do Mar Suave disse...

Oração de fé
Senhor meu Deus!
Nesse tempo em que sua ressurreição me faz encher de alegria
Não posso lhe pedir nada
Do jeito que as coisas andam, tenho o bastante...
Não me é permitido reclamar
Mas sem querer incomodar em demasia, gostaria...
Nesse momento
De pedir fervorosamente somente que aumente minha fé
Tentei medi-la ontem
Fiquei envergonhado
Senti ela menor que a semente do quiabo,
bem menor que um alpiste
ou um grãozinho de cocô de um passarinho
certamente é bem menor que um grão de sal
ou da pupila do olho da minhoca
de qualquer forma guarde as pessoas que eu amo
também as que eu não amo
e, se me for permitido, aumente minha fé,
pelo menos até o tamanho da semente de um feijão
apesar de achar o milho mais elegante e vistoso.

Obrigado por tudo e Amém 3 vezes.
Lúcio Alves de Barros


Passando e colhendo a beleza de seu espaço. Desejo luz e amor em sua vida.
Com amor da Fada do Mar Suave.

Fada do Mar Suave disse...

Pérola solta


Sem que eu a esperasse,
Rolou aquela lágrima
No frio e na aridez da minha face.
Rolou devagarinho...,
Até a minha boca abriu caminho.
Sede! o que eu tenho é sede!
Recolhi-a nos lábios e bebi-a.
Como numa parede
Rejuvenesce a flor que a manhã orvalhou,
Na boca me cantou,
Breve como essa lágrima,
Esta breve elegia.

José Régio

Adorável passar pelo seu espaço encantado e encher a alma de alegria.
Beijos da Fada do Mar Suave.